FESTIVAL BPM: Conectando BH à Uberlândia

12/14/2007 09:30:00 PM - Goma - Cultura em Movimento


No dia 15 de dezembro, Uberlândia vai sediar um encontro inédito de cultura, música e tecnologia. O Festival Beats por Mineiros 2007, com apoio da Ambev/Skol Beats e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura/MG, desembarca na cidade e invade o Espaço Cultural GOMA.

O BPM traz uma face educativa, com debate e oficina realizados na parte da tarde, e performances em um evento noturno. Artistas e produtores de Belo Horizonte se juntam a representantes da cidade, em uma programação que enfatiza e reconhece a importância de Uberlândia como pólo produtor de cultura e arte, e cena independente de extrema importância no cenário nacional.

15:00

Debate “Artista e Musico Independente do Século XXI – longe demais das capitais”, com a participação dos belo-horizontinos Alexei Michailowsky, Tadeus Mucelli (curadores do Festival), e Frederico Corrêa (da banda Paralaxe), e dos uberlandenses Danislau Também (do grupo Porcas Borboletas), e Getúlio (da banda Antena Buriti, e grupo Taturana e Rádio Buriti)

17:00

Oficina “Musica eletrônica de rua – criação espontânea”, com Luciano Araújo, ou “Ojuara, o homem que desafiou o diabo”, de Uberlândia, mostrando sua inédita proposta de criação de musica por meios eletrônicos com a participação de transeuntes nas ruas, estudantes, e outras pessoas comuns, que desenvolve com o Grupo de Risco

23:00 – EVENTO NOTURNO

Abertura com DJ Rafa Rays – cidadão uberlandense que, abduzido por extraterrestres do planeta Ah Lem em 1748, retornou com a missão de construir, em plena Praça Sérgio Pacheco, a Loja Mágica de Brinquedos. Mas algo deu errado e ele acabou trocando os brinquedos por instrumentos musicais. Alem de violonista clássico, é baixista do grupo Porcas Borboletas e, recentemente, incorporou o ofício de discotecário, lembrando-se das aulas que recebeu com Thomas Edison, lá nos idos do Planeta Ah Lem.


0:00 – Live PA com Alexei – belo-horizontino, de origem russo-canadense (ou seja, salada de frutas, pois só a antropofagia nos une), que gostaria de ter como padrinho de batismo Marcos Valle, ou ainda de ser o Marcos Valle, mas realmente não tem competência nem condição de surfar ou ter cabelos loiros. Nunca bebeu Red Bull na vida e nem acreditava em asas até o momento em que foi convocado para ir a Roma, sem nem saber se tinha boca, e participar da Red Bull Music Academy em 2004. Desde então, desenvolve uma musica eletrônica com ênfase na interface de musico, misturando jazz, soul, house, samba, tambores de Minas, Ramones, Raul Seixas, Led Zeppelin, e até Menudo, se precisar.

Em Uberlândia, Alexei terá a nobre presença dos embaixadores locais do planeta Ah Lem: Vi Vicious, Rafa Rays e Danislau Também (este o famoso filho do Trovador Solitário Triangular, Manoelau Ninguém, e da Miss Ah Lem 1976, Vera Fischer Alguém)


1:00 – Show com Antena Buriti – Grupo uberlandense composto por exilados da ilha Buh Buh-Rinty, em plena Polinésia Francesa, que, treinando pára-quedismo, desceram no Triangulo e não mais quiseram seguir em sua vida nômade. Em suas reuniões comunitárias, perceberam que seus cânticos religiosos agradavam aos uberlandenses, que saíam pulando e urrando como que possuídos por uma estranha entidade. Desde então, promovem cultos religiosos para milhares de pessoas.


2:00 – Show com Paralaxe – Banda belo-horizontina que mistura ficção científica, histórias em quadrinhos, lendas urbanas e rock n’ roll surgido dos porões da Faculdade de Medicina, onde Fred H.C. e Rafael faziam parte de uma secreta maçonaria que incorporava o espírito do DNA registrado no sangue dos pacientes e assim buscavam a Suprema Luz. Convocando o VJ 1mpar, responsável por conexões visuais e transcedentais com o Império que Contra-Ataca, e sob a orientação cabalística e grooveada do Rabbi Jonas Cohen Persiano Azulay de Israel, realizam suas performances sempre na pressão, saca?


3:00 – Live PA com Retrigger – De tanto ouvir o slogan “Toca Raul” na vida, Raul percebeu que seu nome era Raul e que de repente poderia tocar. Desde pequeno interessado na sonoridade mística das antenas de televisão, Raul criou um universo mágico em seu quarto, onde amigos imaginários de todos os planetas promovem com ele uma jam session fenomenal, onde rock n’ roll e estilos eletrônicos se fundem desde as profundezas da alma do Z-80. Participante de vários projetos, como Esquadrão Atari e Arrebite, Raul, que também é Dr. Freud para os íntimos, só queria montar uma banda de death metal com seus robôs de estimação.

Serviço:

FESTIVAL BPM EM UBERLÂNDIA
15.12.2007, Sábado
Espaço Cultural GOMA – R. Floriano Peixoto, 12, Centro
Entradas a R$ 15,00
Cem primeiros da Lista Amiga: R$ 10,00

1 comentários:

  1. Opas & Obas! disse...

    Uberlândia merece uma programação cultural como proposta pelo Goma! Parabéns a todos envolvidos no projeto e boa sorte! Divulgarei o blog de vcs também no meu blog. Abraços.