Projeto Compacto.REC lança "Tchapa e Cruz", 1º CD do rapper Linha Dura (MT)

12/11/2009 02:13:00 PM - Victor Maciel

Linha Dura, rapper de Mato Grosso, é o mais novo lançamento do projeto mensal Compacto.Rec

Linha Dura - Lançamento deste mês do Compacto

Jazz, Bossa Nova, Música Africana, Cultura Popoular matogrossense e a força do movimento Hip Hop. É essa mistura que o lançamento deste mês do Compacto.Rec traz. Linha Dura é um rapper cuiabano, que traz nas suas letras o cotidiano da periferia de Cuiabá, capital de Mato Grosso. Carregado de conteúdo sócio-político, as rimas de Linha são apoiadas em discursos de grandes nomes, como Paulo Freire.

Paulo Fagner da Silva Ávila, nome de batismo de Linha Dura, é um engajado em movimento social e militante do Movimento Hip-Hop desde o ano de 1996. A influência familiar traz em sua veia os sons e ritmos da raiz negra, que agora se mescla com tantas outras que recebeu pelo caminho. Além da música, Linha Dura é produtor de eventos como o Festival Consciência Hip Hop, filiado à Abrafin - Associação Brasileira dos Festivais Independentes -, LIIBRA - Liga Internacional de Basquete de Rua (Etapa Mato Grosso) -, Movimentando Hip Hop e coordenador Estadual da CUFA MT.

CUFA-MT

A Central Única das Favelas é uma rede de práticas sociais que teve inicio em 1998 e se vascularizou pelo Brasil, estando hoje nos 27 estados brasileiros. Se faz prática nacionalmente a partir do momento em que não existe identidade jurídica que faça da CUFA uma pessoa jurídica, mas várias organizações que vão desde Oscip's, Ong's, Associações, Grupos de Jovens, Grupos Artísticos, Grupo de Mães e afins, que aderem ao movimento social cuja filosofia e missão é atuar para que as pessoas de origem popular, sejam elas jovens, homens, mulheres e crianças das favelas brasileiras, em sua maioria negras, possam se empoderar dos seus direitos e deveres na sociedade e conseqüentemente possuir qualidade de vida em suas comunidades.

Em Mato Grosso, a CUFA se configura como um pólo de produção e gestão sócio-cultural, atuando nos mais diversos segmentos da Cultura e Cidadania, tais como a música, a dança, o esporte-arte, teatro e projetos de geração, emprego e renda. A CUFA é uma parcela da sociedade civil organizada que trabalha de forma conjunta com outros movimentos sociais, sempre dialogando com as esferas públicas e privadas. Recentemente, a CUFA de Cuiabá inaugurou o Centro Esportivo Cultural, situado no bairro São João Del Rei, na periferia da cidade.

COMPACTO.REC

O Compacto REC é um projeto que teve início em 2007, com o objetivo de lançar singles virtuais em rede, através dos veículos de comunicação integrados ao Circuito Fora do Eixo. A primeira banda lançada foi a Madame Saatan (PA). Na seqüência vieram artistas de todas as regiões do país como as elogiadas Bang Bang Babies (GO) e Filomedusa (AC). Os últimos lançamentos deste ano foram Porcas Borboletas (MG), Boddah Diciro (TO) e Rinoceronte (RS). Com a liberação dos fonogramas para downloads, o projeto alinha uma iniciativa de trocas para remunerar o autor do trabalho em um sistema de economia solidária, pautado na oferta de serviços e produtos integrados ao Circuito Fora do Eixo.

O DISCO
O primeiro disco de Linha Dura empresta a expresão "Tchapa e Cruz" como nome, que é o termo dado à pessoa que nasce e morre em Cuiabá. É também o nome de um grupo de Siriri e Cururu - a cultura popular periférica de Mato Grosso - que participa de faixas do CD, como "Identidade". Na música "Pensamento Próprio" vem por um outro caminho de pesquisa, em cima de textos e bibliografia de Paulo Freire, criticando o sistema educacional brasileiro sob o beat acelerado. "Só a Capa da Gaita" é outra música marcante do álbum, que acabou se tornando hit do rapper. O CD apresenta mistura da cultura hip hop com a típica cuiabania, com violas de cocho, ganzá, mocho, jazz, toca-disco e o repente, além de ter um conteúdo político e social que representa as lutas do Movimento Hip Hop em Cuiabá.

0 comentários: