Terça, 20/04: Noite Fora do Eixo com Macaco Bong (MT), Burro Morto (PB) e Caldo de Piaba (AC)

4/18/2010 12:46:00 PM - Hick Duarte



Os últimos eventos realizados pelo Espaço Goma só reafirmam a interessante posição de Uberlândia na rota da nova música brasileira. Do Festival Grito Rock em fevereiro aos recentes shows de Johnny Suxxx and the Fuckin' Boys (GO), Gloom (GO) e Aeromoças e Tenistas Russas (SP), vimos passar pela casa nomes que veículos especializados de todo o país apontam como verdadeiras promessas para a música brasileira em 2010. E é dentro desse contexto que apresentamos a próxima edição da Noite Fora do Eixo, que acontece terça-feira (20/04), no Goma, e carrega a bandeira do rock instrumental independente.

O Goma intermediará o cruzamento de duas turnês em Uberlândia no próximo dia 20. De um lado, estão os paraibanos do Burro Morto e os acreanos do Caldo de Piaba, que seguem desbravando o interior do país desde suas aclamadas apresentações no Festival Fora do Eixo, em São Paulo. Do outro, os cuiabanos do Macaco Bong, imersos como de praxe em uma incessante agenda de shows, que em maio ganha datas em Barcelona, no Festival Primavera Sounds.

Conheça melhor as bandas que compõem o line-up da quarta edição da Noite Fora do Eixo.

Macaco Bong (MT)


O melhor disco (Artista Igual Pedreiro) e a quinta melhor música (Amendoim) de 2008, segundo a Revista Rolling Stone. Banda apontada como aposta da Revista Bravo em 2008, como uma das grandes promessas para 2007 pela Revista Bizz e como uma das "10 bandas que vão dar o que falar" pelo MySpace Brasil. Esse é o Macaco Bong.

É com o mesmo peso desses prêmios que o power trio instrumental de Cuiabá (MT) carrega também os ideais e os princípios do Circuito Fora do Eixo, rede nacional de coletivos culturais unidos pela música independente (que eles próprios ajudaram a fundar no final de 2005).

Ao vivo, o Macaco Bong é conhecido pela sua performance enérgica e visceral, que traz a desconstrução dos arranjos da música popular em seus formatos convencionais aliada à linguagem das harmonias tradicionais da música brasileira com jazz/fusion/pop e etc. É o melhor show que o rock instrumental brasileiro já concebeu nos últimos tempos.



Caldo de Piaba (AC)




Formado no final de 2008, Caldo de Piaba é um projeto idealizado por amigos que tem em comum o gosto pela mistura de ritmos e a vontade de experimentar com a música instrumental. Além das composições próprias, são apresentadas releituras de canções populares. Nesse consistente caldo quem conduz a melodia é a guitarra (como na lambada e na guitarrada paraense) que se encontra com a bateria e o baixo inspirados no funk, no ska e no samba-rock. Isso tudo misturado com um toque de psicodelia, com uma certa liberdade de improviso, e com o que mais for surgindo.

Esse é o pano de fundo das composições do Caldo de Piaba que vem conquistando seu espaço no cenário da música acreana. Em um ano de trajetória, a banda já rodou o interior do Acre a bordo de uma Kombi levando seu show para praças e coretos. Se apresentou também em festivais independentes como o Varadouro (Rio Branco-AC), Grito Rock, Calango (Cuiabá-MT) e Rec Beat (Recife-PE).

Vale lembrar: em março, o Portal Nagulha disponibilizou o novo EP do Caldo de Piaba (Volume Dois) para download. Clique aqui e baixe já!

Ouça: myspace.com/caldodepiaba

Burro Morto (PB)


O Burro Morto nasceu na Paraíba de um emaranhado de cabos, filtros, delays, climas, cinismo e subversão manipulado por cinco mentes ácidas: Haley (microkorg, escaleta, orgão), Daniel Ennes Jesi (contrabaixo), Ruy José (bateria) e Léo Marinho (guitarra). Nos idos de 2007 lançaram um EP, Pousada bar, tv e vídeo, com o qual conquistaram almas e mentes worldwide.

Em 2008, o grupo finalizou seu segundo EP, “Varadouro”, lançado digitalmente pelo selo californiano One Cell Records. Através da excelente repercussão do EP, o Burro Morto realizou uma bem sucedida turnê em São Paulo, tocando em casas como CB Bar, Studio SP, Berlin e Bleeckers Street. Participou também da Feira da Música, em Fortaleza – CE, do festival Coquetel Molotov, em Recife e do Festival Universo Paralello, na Bahia. Recentemente, o Burro Morto teve o projeto de produção do seu primeiro álbum aprovado pelo Pixinguinha, programa cultural da Funarte e Ministério da Cultura.


Serviço:

NOITE FORA DO EIXO INSTRUMENTAL
Com o melhor do novo rock instrumental brasileiro!
Quando: 20 de abril de 2010, às 23h (terça-feira, véspera de feriado)
Onde: Espaço Goma (Av. Floriano Peixoto, 12 - Centro)
Shows: MACACO BONG (MT), CALDO DE PIABA (AC) e BURRO MORTO (PB)
Ingressos: $7 com nome na listagoma@gmail.com
Sorteio de ingressos: via twitter @gomacultura

2 comentários:

  1. cleyton fernandes disse...

    Instrumental,
    Imperdível,
    Impossível não ir
    Intangível talento
    Inesperado momento.

  2. Tassio disse...

    Com certeza Cleyton! Está noite promete ser uma das melhores que já passaram aqui pelo Goma. Realmente imperdível.