Tamboril comenta a noite de quinta do #GritoRockUdi

2/05/2010 03:46:00 PM - Victor Maciel

por Grupo Tamboril - Mídias Integradas Uberlandenses (MIU)
Fotos: Mídias Integradas Uberlandenses (MIU)

Deixando o espírito zombeteiro de lado, chega a hora da gente dar o feed do que foi ontem: noite de adrenalina regada a rock que tava até dando vontade de gritar mesmo!

Participando da equipe de comunicação do evento, a gente chegando no Goma já pôde perceber a empolgação da galera que estava prestes a subir no palco. Banquinhas sendo montadas, bandas chegando e a passagem de som prenunciava o quanto poderíamos esperar.

Equipe MIU se preparando para a cobertura

A primeira noite do Grito Rock Edição Uberlândia foi mais ou menos por aí... Pra começar, no lugar d´Os Patto (URA) que por imprevistos não puderam se apresentar aqui, o DCV (URA) mostrou o punk rock clássico diretamente de terras mineiras. Pra quem acha que a banda tem um quê de Autoramas não está de todo errado. A galera acabou de investir em um disco contando com a produção de Gabriel Thomaz, guitarrista da banda carioca. No entanto, comparar-se a banda do Rio não é meta para eles, afirma o vocalista Gdiamantino.


DCV abrindo o #GritoRockUdi

Logo após o punk 80, Veniversum (MT) mostrou a cara nova do rock cuiabano. A banda tem apenas seis meses de formação, mas já dá pra ver que a galera vem na pilha pra mostrar mais um pouco do que se passa nas trilhas sonoras do Mato Grosso. Ouvindo o myspace do pessoal, o que já podíamos perceber foi powerpop – stoner que acabou sendo muito bem confirmado em palco.


Zazu, batera do Veniversum, em ação

A terceira banda a se apresentar já tinha como seus membros velhos conhecidos da cena hard core de Uberlândia. UmNavio (UDI), confirmou a presença do público que já curtia o Fadiga. E que presença! Galera cantando as músicas fez a gente perceber o quanto o público de Uberlândia varia da preferência sonora e como isso tem aberto o espaço para que mais bandas surjam com esse propósito.



Lucas Vasconcelos, do Umnavio

Acabando a apresentação de UmNavio, chegou a vez do Snorks (MT), também de Cuiabá. Já não é a primeira vez que o trio se apresenta na cidade. Passaram pela Jambolada e também em uma apresentação no Goma. Frente de um dos coletivos de Cuiabá que se empenham na divulgação da cultura hard core (Sindicato Hardcore), a galera expande cada vez mais a potência desse estilo no miolo do Brasil.


Snorks, Punk Rock de Hell City no #GritoRockUdi

A surpresa da noite, no entanto, tava guardada para o final. Johnny Hooker e Candeias Rock City (PE). Dois projetos pernambucanos que se deram muito bem juntos e que só fazem a gente ver aqui o que tá mais que confirmado lá em cima. A banda mostra uma pegada contagiante de rock n´ roll puro, pesado e marcante aliando isso a genialidade da performance glam dos vocais. O cover da Beyonce é o mais conhecido entre os trabalhos divulgados no myspace e pra quem pensa que isso pode ser ruim, engana-se, pois mostra a tamanha versatilidade dos recifenses em palco.
Johnny Hooker & Candeias Rock City

Final da primeira noite, mas ainda 12 bandas nos dias que seguem. Estamos aqui de olho, ouvidos acesos e gritandooo!

---

Siga a cobertura colaborativa do Grito Rock Uberlândia 2010 também pela tag #GritoRockUdi no Twitter

1 comentários:

  1. Ney Hugo - Cubo Comunicação disse...

    muito bacana galera! powerpop-stoner foi uma ótima definição.